top of page

Justiça concede liberação de R$1,5 milhão que estavam bloqueados em ação que aponta desvios na Cohab

Valor estava depositado em juízo desde a apreensão na casa do ex-presidente da Companhia Habitacional de Bauru (SP) durante Operação do Gaeco em 2019. Liberação foi feita para pagamento de honorários advocatícios.

Por: G1 Por g1 Bauru e Marília

A Justiça concedeu a liberação de R$ 1,5 milhão em dinheiro que estavam depositados em juízo desde a apreensão desse valor na casa do ex-presidente da Companhia Habitacional de Bauru (SP), Edison Gasparini Júnior.

A apreensão ocorreu durante a Operação João de Barro, realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em dezembro de 2019.

A ação do Gaeco aponta desvios cerca de R$ 54 milhões da companhia. A liberação foi feita sob argumento de pagamento de honorários advocatícios.

Em nota, o advogado Leonardo Magalhães Avelar, que representa Gasparini, disse que: "a decisão de primeiro grau de jurisdição é irretocável e obedece os exatos termos da legislação vigente, inclusive, a decisão já foi respaldada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo em recurso inócuo do Ministério Público.”


 

Texto publicado originalmente em G1.

Commentaires


bottom of page